Albert Wesker e os segredos por trás dos Remakes de Resident Evil

Tudo indica que os remakes de Resident Evil se tratem de um novo – e sexy – reboot da saga

Nos últimos anos a Capcom tem se esforçado para adquirir o sucesso da franquia Resident Evil de volta. Poucos anos antes do lançamento de Resident Evil 7, tivemos RE 6 como uma espécie de mártir. Apesar do diversion ter prometido revitalizar a série, infelizmente não alcançou o coração dos fãs.

Sendo assim, desde que terminamos Resident Evil 7 estamos tentando entender: “Onde a Capcom quer chegar?”

Felizmente, a linha de eventos que sucederam o diversion já lançado, sugere que a desenvolvedora está mais do que preparada para tomar uma nova posição quanto á série. Sendo assim, analisamos minuciosamente as possibilidades do que pode vir a seguir.

Temos por base, em primeira instância, o fato de que Resident Evil 7 foi disponibilizado como apenas BioHazard para o Japão. Esse pequeno detalhe por si só sugere que a Capcom estivesse recriando Resident Evil a partir do 0. Isso aconteceria sem incluir o histórico atual do game. Com isso, tecnicamente, RE 7 seria o novo começo da série – mesmo que tenhamos um remaster de Resident Evil 0 e Resident Evil 1.

Mas os indícios não param por aí. Um dos maiores trunfos com relação à esta nova fase da franquia, é o fato de que a Capcom almeja dar uma nova cara aos próprios personagens. O Remake de Resident Evil 2, até o presente momento, é o que mais representa essa tendência, tendo em perspective o fato dos desenvolvedores entregarem uma experiência mais completa do que o diversion original, permitindo thorough algumas mudanças sutis na forma como os personagens poderão se encontrar e como ocorrerá o desenrolar das relações entre todos.

Albert Wesker e outras possíveis aparições

Isso nos leva para um dos assuntos que se tornaram uma grande incógnita quanto ao que a Capcom pretende trazer: Albert Wesker e suas relações.

Wesker ficou conhecido como um dos maiores vilões da tale – junto de Nemesis. Inclusive, o personagem está na franquia desde o primeiro game, e desde sempre teve grandes relações com as empresas farmacêuticas que possuíam o T-Virus. Além disso, Wesker junto de Willian Birkin, foram as primeiras cobaias de Ozwell E. Spencer, que utilizava o vírus conhecido como Progenitor.

De acordo com a própria Capcom em uma entrevista recente, a ideia dos estúdios será a de re-imaginar a experiência com a série, de tal forma que os próprios fãs da franquia – e os que já conhecem os jogos – irão se surpreender. Com isso, podemos esperar que os Remakes vão além de um possível Resident Evil 3.

Resident Evil 2 Remake trará novas abordagens com relação ao diversion original. Com isso, a Capcom espera reescrever alguns momentos da saga. Dessa forma, ela poderá adequar os personagens para garantir que a linha de eventos da franquia não seja a mesma confusão resultante de jogos como Operation Raccon City, Umbrella Corps e outros. As possibilidades em torno dessa quantidade de Remakes que podem surgir, são enormes.

Apesar de RE2 Remake não ter sido lançado ainda, tudo leva a crer que será um estouro de vendas para a Capcom. Isso viabilizará ainda mais produções relacionadas a série. E assim, consequentemente, teremos diversos personagens retornando em breve. Sabemos que a Capcom também não exclui a hipótese de refazer jogos que já sofreram reconstitute – tal como a própria produtora afirmou. Dessa forma, é possível que até Resident Evil 0 e o primeiro diversion também retornem repaginados.

A nova Umbrella pode ser uma grande surpresa

Também temos como destacar a presença da Umbrella Corporation, que, aparentemente, retornou das cinzas. De acordo com os arquivos da DLC Not a Hero de Resident 7, a Umbrella que está trabalhando com Chris Redfield é uma espécie de nova divisão da antiga companhia. Nisso, esta nova empresa visa “consertar os erros da antiga”, mas Chris mantém as suspeitas de que a companhia não mudou.

Existe a possibilidade de que os novos Remakes lidem com a criação dessa nova divisão, e pode ser através dela que teremos o retorno de alguns personagens icônicos. Vale lembrar que, a nova Umbrella se baseia nas pesquisas realizadas por Wesker, o que garante uma margem mais que suficiente para que vejamos a relação do personagem com esta nova empresa.

E a “The Connections”?

Como revelado em um dos arquivos de Resident Evil 7, a The Connections foi a empresa responsável pelo “incidente Eveline“. Infelizmente, poucos foram os detalhes que surgiram sobre esta nova companhia. Ao que sabemos, foi ela quem financiou a pesquisa de Lucas com os fungos que resultaram em Eveline. Também há indícios de que Lucas estaria partilhando informações com outra companhia do ramo, mas nada foi oficializado no game.

Porém, existe um detalhe rare sobre a mesma. Ao que indica, as ligações dela estão relacionadas à HCF. Essa seria a mesma a força militar da qual Wesker participava durante um dos games da série. Um possível reconstitute deste jogo em sold poderia solucionar boar parte do mistério deste novo arco. Mas qual seria ele?

A peça elemental do quebra-cabeças seria…

Apesar de estipularmos todo um trajeto que a Capcom pode seguir com os próximos jogos, existe um título em específico que seria critical retornar: Code Veronica.

O diversion é responsável por cobrir uma boar parte da trama que leva a outras ligações – e jornadas – na série. Além disso, é um dos títulos que mais explora a cronologia dos experimentos já realizados. Esse reconstitute poderia abrir margem pra que todos os pontos relacionados a Umbrella fossem esclarecidos. Não somente isso, como daria prosseguimento na jornada de Claire – que estará um tanto quanto diferente no próximo remake.

Contudo, toda essa linha que traçamos deve ser tratada como uma teoria das grandes. Existem muitas variáveis que podem definir rumos completamente diferentes para a série e para a Capcom.

Mas e você, o que acha que pode acontecer à seguir? Deixe sua teoria ou opinião nos comentários!

Resident Evil 2 Remake chegará às lojas no próximo ano. O diversion está datado para o dia 25 de Janeiro, com versões para Xbox One, PS4 e PC.

Você pode conferir mais sobre o assunto e nossas teorias através do vídeo abaixo, presente no canal do Combo Infinito no YouTube!

 

Posted in
Tagged . Bookmark the permalink.
short link blacxbox.com/?p=16561.